O cuidado com a alimentação e o acompanhamento nutricional estão cada vez mais presentes no dia a dia das gestantes. Afinal, uma dieta saudável é importante para que o bebê nasça com saúde. Agora, você sabia que existem alguns alimentos podem influenciar diretamente o desenvolvimento intelectual do seu filho?  Isso porque certos tipos de nutrientes desempenham papéis fundamentais na formação do cérebro da criança.

Alguns pais não sabem, mas é nas primeiras semanas após a fecundação, que o cérebro do bebê começa a se formar. Pesquisas indicam que o ácido fólico (vitamina B) é muito importante para a formação desse órgão. É por isso que muitos médicos indicam suplementos pré-natais e alimentos que contém essa substância. Cereais matinais, lentilha, quiabo, espinafre e feijão preto são ricos em vitamina B9!

No entanto, cérebro vai muito além de sua formação estrutural básica. Os neurônios, fundamentais para uma boa comunicação, se formam lá pela décima semana, por exemplo. O Ômega-3 é super importante para a produção desses neurônios. Apesar de ser uma substância produzida no nosso próprio corpo, muitas vezes ela precisa ser complementada na dieta da gestante. Dica: os peixes são uma ótima fonte desta vitamina.

Segundo estudos realizados na Universidade de Surrey, no Reino Unido, o iodo e a vitamina D também são importantes para a formação da inteligência do bebê. O ferro não está muito atrás, não, viu? A substância ajuda no crescimento de glóbulos vermelhos, que levam oxigênio até o cérebro. Alimentos como ovos, leites, queijos e carnes estão cheios desses nutrientes.

Agora, não pense que a alimentação é a única coisa que influencia o desenvolvimento intelectual do seu bebê. Se exercitar moderadamente e ter boas noites de sono também podem impactar o QI do seu filho. Enquanto as atividades físicas produzem cortisol - hormônio que promove o desenvolvimento do cérebro do feto - o sono consolida o armazenamento de informações.

Peça orientação a seu médico e turbine o QI do seu bebê!