E, de repente, o homem acostumado a ter toda a atenção da companheira, se vê deixado meio de lado, preterido por um ser que ainda nem chegou, mas que já mudou a vida de todo mundo. O futuro pai precisa entender que agora, e durante um bom tempo, o foco da mulher é outro. Portanto, não se sinta rejeitado nem ofendido. Reforce a sua dose de paciência e carinho, e embarque nessa com ela.

Entenda que o papel do homem é fundamental em todas as etapas da gravidez. Pesquise e procure ficar por dentro dos assuntos ligados à gestação e aos bebês até para compreender melhor cada fase que sua mulher vem passando. Sempre que possível, vá às consultas do pré-natal, tire suas dúvidas com o médico e demonstre interesse. Ela se sentirá mais segura, sem dúvida, e feliz por ver que você está engajado e quer se fazer presente. Acredite: vai valer o esforço! Sabe aquele cursinho de gestante que ela quer fazer e que você acha tão desnecessário? Pois é. Ele é mais uma oportunidade de estar junto de sua mulher e aprender mais sobre o que os espera na gravidez e depois que o bebê nascer – e fazer uma média!

Lembre que os hormônios dela estão enlouquecidos durante a gestação! E aquela mulher maravilhosa que você conheceu pode dar lugar a outra mau humorada, indisposta, bipolar. Pode parecer difícil de entender, mas, acredite: essa fase passa. Respire fundo, conte até 10, tente não discutir e mostre-se preocupado com suas angústias. É importante se manter calmo e tranquilo pelos dois.

Com tantos sentimentos desencontrados pode surgir outro bem comum durante a gravidez: a baixa autoestima. Entenda que ela está passando por mudanças bruscas. As medidas aumentam vertiginosamente, os seios incham, o paladar não é o mesmo, a disposição oscila. Você vai ter que dar uma de super marido e desenvolver poderes especiais para acalmar essa mulher! Boa sorte! Muitas vezes vai bastar dizer que ela fica linda grávida.

Para o papai de primeira viagem, tantas revelações assim podem até assustar e aumentar a pressão. Mas é fundamental que o homem esteja consciente e preparado para viver essa fase com tranquilidade. Lembre que tudo vale a pena por seu filho que está a caminho e, mesmo que essa etapa não seja um mar de rosas, se você ajudar e tiver paciência tudo ficará melhor e mais leve. Depois que essa fase passar, vocês vão lembrar e rir dessa experiência. E com um bebê no colo :)

Aqui vão algumas dicas práticas para o futuro papai

Tenha paciência

Os hormônios da gravidez provocam alterações de humor inimagináveis. Sim, pode ser pior que a TPM. Saiba que é uma fase e, como toda fase, não dura para sempre.

Faça com que ela se sinta amada e desejada

Com as medidas mudando e o peso aumentando, a grávida pode se achar menos atraente. Cabe ao homem dar atenção extra, fazer elogios, ser carinhoso e investir em programas a dois.

Seja participativo

Vá às consultas e ultrassonografias do pré-Natal com ela. Esse acompanhamento, além de deixa-la mais feliz, ajuda a criar elos com o bebê.

Abandone hábitos negativos

Para uma grávida é essencial ter uma boa alimentação, não fumar e ficar longe de bebidas alcoólicas. Facilite a vida dela e mergulhe nesse novo – e saudável – estilo de vida.

Descanso necessário

Sua parceira vai se sentir cansada, em especial, nos primeiros meses de gravidez. Incentive o descanso dela. Que tal fazer uma massagem surpresa depois do banho para que ela tenha um sono relaxante?

Desabafe

Ninguém aqui é o Super Homem. Nem deve tentar ser. Se a pressão está grande, não pense duas vezes em procurar amigos e familiares para conversar e desabafar. Deixar muito estresse acumulado pode fazer com que você desconte em sua parceira.

Participe dos preparativos

Pensar em nomes para o bebê, ajudar nas compras do enxoval, pintar o quartinho da criança são apenas algumas maneiras de estar presente na construção desse mundo novo que os espera.

Organize os gastos

Aproveite o tempo da gravidez para, junto com ela, organizar as finanças da casa e já pensar no futuro. Saber que essa questão está sob controle dará uma segurança extra a sua parceira.